Como garantir a produtividade da sua fazenda com o manejo correto das pastagens

Publicidade

O manejo de pastagem é essencial para os pecuaristas que buscam maximizar o potencial genético de seu rebanho, já que a nutrição é um fator determinante nesse processo. No entanto, é comum observarmos fazendas com índices de produtividade abaixo do esperado, mesmo durante a época das chuvas, devido à falta de manejo adequado das pastagens.

Assegurar um adequado manejo das pastagens é de extrema importância para garantir a eficiência e sustentabilidade do sistema de produção. Quando feito de forma correta, o manejo adequado do pasto pode levar ao aumento da produtividade de leite e carne, bem como permitir o uso máximo dos recursos disponíveis. Ademais, o manejo adequado das pastagens auxilia na prevenção de erosões e compactação do solo, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

A implementação de práticas simples de manejo das pastagens pode auxiliar os produtores a aumentar a eficiência de sua produção, muitas vezes sem gerar custos adicionais. Para tal, é crucial possuir conhecimento acerca das condições ambientais da região, bem como da biologia das forrageiras e do comportamento dos animais.

Publicidade

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"

Assim, o gestor seleciona o sistema de manejo mais apropriado e cria um planejamento para assegurar uma dieta nutritiva para o gado ao longo de todo o ano, sem prejudicar o pasto. No entanto, como superar a sazonalidade e aproveitar ao máximo as forrageiras disponíveis? Continue lendo, pois é exatamente sobre esse tema que discutiremos a seguir.

Qual a principal função do manejo de pastagem

Em resumo, o manejo de pastagens compreende um conjunto de intervenções que objetivam maximizar a produção de carne e leite por unidade de área, sem afetar o desenvolvimento do pasto ou a qualidade do solo.

Dessa maneira, os animais são alimentados com fartura, enquanto a produção constante de forragem por unidade de área é mantida, preservando a qualidade do solo e evitando a degradação da pastagem.

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"

Manejo de pastagem trabalha com lotação ou carga

O sistema descrito é chamado de pastejo contínuo, no qual o rebanho é mantido na mesma área de pastagem ao longo de todo o ano. Esse sistema é frequentemente adotado em regiões onde as forrageiras são nativas ou espontâneas e possuem baixa produtividade.

O método de manejo conhecido como piqueteamento consiste em dividir a pastagem em áreas menores chamadas piquetes, que são utilizados de forma sequencial. Esse manejo envolve a definição de períodos de ocupação, durante os quais o gado consome o piquete,

Alternados com períodos de descanso, nos quais o gado não tem acesso ao mesmo piquete.

 Essa prática possibilita a recuperação da forragem após o pastejo e o pisoteio, tornando-a disponível novamente para uso futuro. O método é altamente produtivo, principalmente quando são utilizadas pastagens de alta produção, como as do gênero Cynodon, Panicum e Brachiaria.

Contudo, é fundamental que o produtor compreenda que o manejo de pastagem consiste, em essência, na gestão de duas necessidades conflitantes: a da planta, que necessita de suas folhas para se desenvolver, e a dos animais, que precisam dessas mesmas folhas para sua alimentação.

Em resumo, a gestão adequada das pastagens é um aspecto fundamental para a produção eficiente e sustentável de alimentos para o gado. A técnica do manejo por piqueteamento, que envolve a subdivisão da pastagem em piquetes e a gestão alternada de períodos de ocupação e descanso, pode resultar em alta produtividade e recuperação da forragem após o partejo e pisoteio. Além disso, a época das chuvas oferece uma oportunidade importante para o crescimento rápido das plantas e a entrega de pastos com alto valor nutritivo para o gado. O entendimento da relação entre as necessidades das plantas e dos animais é essencial para garantir a sustentabilidade da produção pecuária.

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"

Leia Também