Empréstimos e financiamentos – entenda a diferença e qual o mais recomendado para você

É muito mais comum do que se imagina os serviços de empréstimos e financiamentos solicitados por clientes aos bancos públicos ou privados. Isso porque ao querer realizar um sonho nem sempre a pessoa tem um montante que dê para arcar com as despesas.

Empréstimos

Por isso, antes de iniciar um novo projeto é preciso planejamento, isso significa pesquisar e identificar qual o tipo de crédito é melhor para você no momento. Mas apesar de serem as formas mais comuns de liberação de crédito, todo solicitante passa por análise de crédito criteriosa. 

Antes de solicitar uma análise deste tipo, você precisa ter em mente que todas as instituições financeiras pedem um valor de entrada quando o empréstimo é concedido. Desta forma, não se engane achando que este não é um processo burocrático, é preciso ter muita responsabilidade financeira.

O que é empréstimo?

No dicionário de contabilidade o empréstimo é uma forma de conceder um determinado valor a um solicitante que se submete às taxas e tempo do pagamento de mercado. De modo geral, nas ações de empréstimos o requisitante não precisa informar qual o destino que pretende dar ao dinheiro em questão. 

Assim, quando a grana fica curta as pessoas dão preferência a utilizar os diversos tipos de opções de empréstimo ao invés de recorrer ao financiamento. Porém, é preciso ter cuidados na hora de solicitar um empréstimo para não se submeter a taxas e juros abusivos.

Tipos de empréstimo

Uma dúvida muito frequente entre as pessoas que querem fazer uma solicitação de empréstimo é saber qual é a melhor opção para si. Por isso, aqui vai uma lista com algumas opções para facilitar na hora de escolher:

  • Empréstimo consignado – É uma modalidade de empréstimo exclusiva para aposentados e pensionistas do INSS, militares das forças armadas, trabalhadores assalariados CLT de empresas privadas e servidores públicos. Isso porque ao optar pelo empréstimo consignado, o cliente permite que o desconto seja feito diretamente na sua folha de pagamento.
  • Empréstimo bancário – É uma modalidade de crédito que consiste em um contrato onde o banco disponibiliza um valor para o solicitantes que será pago em um determinado período com juros e taxas. Quando mais vezes parcelar mais taxas e juros o solicitante vai pagar.
  • Empréstimo pessoal – É uma modalidade de crédito para pessoa física, em um contrato firmado entre banco e uma pessoa com seus documentos identificatórios. Assim as negociações acontecem entre as duas partes. 

Qual a diferença entre empréstimo pessoal e empréstimo consignado?

O empréstimo pessoal e o empréstimo consignado costumam ser as modalidades de crédito mais utilizadas pelos brasileiros, segundo alguns pesquisadores. Mas o que podemos afirmar é que são modalidades totalmente diferentes uma da outra.

Isso porque o consignado é sua fonte de renda que define se você está apto para fazer uma solicitação de análise de crédito nessa modalidade ou não. Precisam ser aposentados e pensionistas do INSS, militares das forças armadas, trabalhadores assalariados CLT de empresas privadas e servidores públicos, o que limita bastante o público alvo.

Já a opção do empréstimo pessoal,é uma modalidade bastante ampla, pois qualquer pessoa física pode fazer sua solicitação e negociar o contrato de liberação de crédito. Mas para isso você deve estar por dentro das taxas e juros permitido por lei para não se sujeitar a cobranças indevidas.

O que é financiamento?

Portanto financiamento é uma modalidade de crédito destinada para pessoas que desejam fazer uma aquisição comprovada, pois nesta opção além de informar o valor desejado você precisa também comprovar a finalidade daquela quantia.

Nesse formato, o solicitantes passa por uma análise minuciosa em que a instituições olha o histórico e as características da vida financeira do cliente, como por exemplo:

  • Score;
  • Histórico de pagamento do cliente;
  • Renda;
  • Estabilidade financeira.

Assim o financiamento para ser liberado precisa de garantias, como por exemplo um valor de entrada, e até mesmo de um fiador para que a aprovação do crédito seja realizada.

Tipos de financiamento

Diferentemente do empréstimo, os tipos de financiamento dependem exclusivamente do que o solicitante pretende fazer com o valor pretendido. Assim, existe um tipo de financiamento para cada finalidade do crédito. Confira aqui algumas possibilidades de financiar:

  • Financiamento de imovel – essa modalidade é para pessoas que querem adquirir uma nova casa, ou apartamento ou até mesmo um terreno. A instituição faz o pagamento imovel ao proprietário e o cliente paga as parcelas pelo financiamento.
  • Financiamento de veículo – nesta opção a instituição financeira quita o automóvel do solicitante e esse não pode transferir a titularidade do veículo até quitar sua dívida de financiamento.
  • Financiamento de bens – boa opção para empresas que estão sem capital, mas precisam investir em materiais de alto valor no mercado, uma operação que necessita de CNPJ para ser realizada.

Conclusão

As opções de empréstimos e financiamentos são vastas e é preciso ter cautela para comprovar qual a melhor opção para você, pois tudo vai depender do seu perfil enquanto cliente além dos objetivos para o valor solicitado. Em todo caso, é possível identificar que por conta dos altos valores para aquisição os financiamentos são sempre opções mais burocráticas. veja tambem O que é uma mentoria financeira? Quando é indicado fazê-la?

klebsondasilvasoares

Estudou macro com iptm atua com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese