Os melhores adubos caseiro para orquídea

Os melhores adubos caseiro para orquídea. Procurando um adubo caseiro para orquídeas? Este é o lugar certo! Aqui listamos algumas receitas para tornar sua planta mais forte e ajudá-la a florescer mais bonita. Sabia que existem muitas  espécies de orquídeas no mundo? Com tantas variedades, é importante cultivar várias espécies ao mesmo tempo para garantir flores o ano inteiro.

As orquídeas também se diferem pela época de floração. A maioria floresce no máximo duas vezes por ano. Para ter flores o ano inteiro, é recomendado cultivar várias espécies juntas, pois cada uma florescerá em épocas diferentes. É importante levar em conta a adaptabilidade da planta a determinado clima. Algumas espécies preferem climas quentes, enquanto outras se desenvolvem melhor em temperaturas amenas.

Algumas espécies necessitam de umidade constante e luz intensa, enquanto outras precisam de menos umidade e menos luz. Escolher a espécie inadequada ou não cuidar corretamente pode impedir o florescimento da orquídea. Antes de compartilhar receitas de adubo caseiro para orquídeas, é importante lembrar que o cuidado adequado é essencial para o cultivo dessas plantas sensíveis. Sem os cuidados corretos, mesmo o melhor adubo do mundo não terá efeito.

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"

Melhores praticam e dicas para cultivar orquídeas:

O vaso escolhido é importante para o cultivo de sua orquídea, é recomendado usar vasos de barro, pois eles são porosos, facilitando a drenagem da água. A orquídea precisa de umidade regular, mas sem acúmulo de água, pois isso pode causar apodrecimento das raízes.

É importante evitar que a orquídea cresça muito grande para o vaso. É recomendado manter a planta no máximo 2 cm  abaixo da borda do vaso, isso oferece maior proteção, inclusive contra o vento. As orquídeas são delicadas e precisam desse tipo de cuidado.

É importante colocar o vaso em local arejado, mas tomar cuidado para que ele não seja exposto a ventos fortes, pois pode cair. O ideal é que o vaso da orquídea seja suspenso para garantir a ventilação e drenagem adequadas. É recomendável evitar mudar frequentemente a posição do vaso.

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"

Priorize sempre a poda e rega da orquídea:

Regar as orquídeas frequentemente é importante, mas é importante evitar a umidade excessiva para não apodrecer as raízes. Uma forma de garantir a quantidade ideal de água é usar placas de madeira, fibra de coco ou nós de pinho no vaso da planta, pois esses componentes ajudam a conservar a água por mais tempo.

A poda das folhas é fundamental para a saúde da planta, especialmente quando ela está extravasando o vaso, amarelando ou sendo atacada por pragas. Antes de realizar a poda, é importante esterilizar as tesouras para evitar a contaminação da planta com qualquer tipo de micro-organismo.

Para esterilizar a tesoura, você pode utilizar um maçarico portátil ou a chama do fogão. É importante esperar a tesoura esfriar antes de usá-la na planta. Além disso, é recomendável esterilizar a tesoura ao passar de um vaso para outro, para prevenir a transmissão de doenças entre as plantas.

Uma dica após a poda é aplicar um pouco de canela em pó na planta, pois a especiaria ajuda na cicatrização das “feridas” criadas.

Facebook Comments Box

Receba Atualizações

Insira seu email abaixo e comece a receber dicas, novidades e atualizações do "Blog Zoonews"