Qual a diferença entre ethereum e litecoin?

Qual a diferença entre ethereum e litecoin?

Qual a diferença entre ethereum e litecoin?

klebsondasilvasoares 11 de setembro de 2021 Investimento

Quando o assunto é agilidade nas transações, sem sombra de dúvidas a Ethereum e a Litecoin saem em disparada.

Isso porque elas têm um tempo de transação bem mais rápido em comparação a outras criptomoedas – questão de segundos –, e podem ser negociadas em diferentes mercados.

A Ethereum, por exemplo, é excelente para os desenvolvedores e programadores, além de ser uma criptomoeda eficaz quando o assunto é capacidade no transferência de propriedades.

Por outro lado, a Litecoin já é vista como uma moeda transacional.

Mas, além destas características, quais são as reais diferenças entre Ethereum e Litecoin? Vamos entender?

O que é Litecoin?

ETHEREUM E LITECOIN

A Litecoin foi lançada em 2011, e de lá pra cá, muita coisa mudou em relação ao seu ecossistema.

No entanto, desde a sua criação, à LTC é conhecida popularmente como o clone do Bitcoin, uma vez que ela usa a mesma base de código da BTC.

Mas, apesar de tudo isso, a Litecoin ainda traz algumas características únicas em relação à BTC, entre elas, está o seu suprimento de 84 milhões de ativos disponíveis, em relação aos 21 milhões de moedas de Bitcoins.

Não só isso, a criptomoeda pode ser minerada até quatro vezes mais rápido em comparação ao Bitcoin.

Portanto, essa já é uma das grandes vantagens para quem pretende investir nesta cripto, uma vez que seu processo de mineração envolve a validação de transações e sua adição ao livro-razão do criptoativo.

Além do que foi evidenciado, ambas criptomoedas (Bitcoin e LTC), podem ser subdivididas em até 8 casas decimais.

Só pra você ter uma ideia, nas operações atuais, não é mais tão necessário utilizar as unidades menores – ao modo que, à medida que seus valores de mercado se tornem maiores, daí sim poderá se utilizar das unidades menores.

E não para por aí, a Litecoin utiliza a tecnologia SegWit – uma tecnologia que permite maiores transações dentro de um mesmo bloco, aumentando seu processo de transações individuais.

Isso não acontece no Bitcoin!

Além dos fatores citados, outra vantagem desta cripto, é a integração dos smart contracts a sua rede, programas dedicados ao controle de transações e outras funcionalidades.

O que é Ethereum?

A Ethereum é uma criação de Vitalik Buterin, um programador de Toronto e fissurado pela tecnologia Bitcoin.

Em 2013, ano do lançamento oficial desta cripto, Buterin lançou um White Paper sobre a Ethereum, citando algumas informações sobre a usabilidade de uma blockchain alternativa à Bitcoin.

O relatório dizia que a nova tecnologia poderia ser utilizada como um instrumento financeiro e um sistema descentralizado para criação de aplicativos.

Com o passar dos anos, milhares de programadores e desenvolvedores passaram a fazer parte da comunidade e impulsionaram a rede Ethereum.

Em 2015, a criptomoeda ETH se tornou tão crescente que ela mesma passou a nutrir a blockchain Ethereum; mais tarde, a moeda se tornou o segundo maior ativo do mercado de acordo com seu market-cap.

Além destes fatores, também estão os smart contracts, ou seja, códigos que são executados na blockchain e visam facilitar as negociações entre contas, permitir a transferência de conteúdos, propriedades, ações, entre outros elementos, a partir das regras existentes em cada contrato.

Diferenças Entre Ethereum e Litecoin

A seguir, confira as principais diferenças entre as criptomoedas Ethereum e Litecoin. Acompanhe:

  • A Litecoin é vista principalmente como uma moeda, ou melhor, um suplemento transacional à rede Bitcoin;
  • Apesar das dúvidas, tanto a Litecoin, como a Ethereum nasceram de um fork (ou bifurcação, em português) do BTC, no entanto, ambas tomaram caminhos diferentes após o seu desenvolvimento;
  • Litecoin é um ativo mais rápido e econômico do que a ETH, enquanto a Ethereum atrai a atenção de mais desenvolvedores e programadores que encontram oportunidades para criação de d’Apps.
  • Ainda que a Litecoin seja considerada a prata das criptomoedas e um forte oponente neste mercado, atualmente, a Ethereum é a segunda maior criptomoeda do mundo – apenas atrás do próprio Bitcoin;
  • Diferentemente da Litecoin, a Ethereum tem capacidade para suportar aplicativos, armazenamento de dados, transferência de conteúdos, e comunicação – tudo a partir da blockchain.

Conclusão

Embora seja quase impossível prever o futuro das criptomoedas, é certo dizer que muito provavelmente a Ethereum mantenha sua consolidação no mercado como o segundo maior ativo em termos de capitalização (marketcap), e até mesmo para os investimentos.

Um bom indicativo disso é o período de recessão que a LTC passou entre os anos de 2017 e 2018.

Mas é claro, ainda é possível ganhar uma boa grana com os investimentos nesta criptomoeda.

Ambos ativos oferecem características únicas e vantagens distintas, portanto, investir entre um e outro só depende de você e dos seus objetivos como investidor.

A dica mais eficaz neste caso é aplicar seus investimentos em uma carteira diversificada, assim será possível reduzir prováveis situações de risco, além de tornar todo o seu investimento mais seguro e gerar uma boa receita em um futuro próximo.

E que tal aprender mais sobre isso? Navegue pelo site e compartilhe nas redes sociais!

Outros artigos

4 de agosto de 2021

Como restaurar o backup do WhatsApp

Restaurar o backup do WhatsApp é um ótimo recurso disponibilizado pelo App. Por meio dele você pode recuperar conteúdos das conversas e arquivos diversos, o que pod...

16 de junho de 2021

Dicas de lazer com a família

Os momentos de lazer com a família são extremamente importantes para aumentar a interação entre os membros familiares. Além de contribuir para as memórias do...

Sair da versão mobile

Otimizado por Lucas Ferraz.